CUT lança “aposentômetro” que compara regime de previdência antes e após reforma

As diversas entidades sindicais brasileiras aceleram as ações para chamar a atenção da sociedade sobre os riscos que a Reforma da Previdência traz para os trabalhadores brasileiros. Nesta terça (21), a CUT (Central Única dos Trabalhadores) lançou o “Aposentômetro”, calculadora que ajuda comparar, na prática, as regras atuais e o projeto do governo Michel Temer.
Segundo a Central, o “Aposentômetro” é uma das ações que contribuirão para dar aos trabalhadores argumentos para combater essa reforma e foi elaborado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, o Dieese. A CUT acredita que este será um instrumento em sua decisão de tomar as ruas do país pela preservação da aposentadoria, em um movimento que terá como slogan “Reaja agora ou morra trabalhando”.
No “Aposentômetro”, informando o gênero, a data de nascimento (no formato dd/mm/aaaa) e o tempo de contribuição para o INSS, a pessoa saberá quanto tempo lhe resta de trabalho até a aposentadoria nas regras atuais e como ficará se a proposta de Reforma da Previdência do governo for aprovada pelo Congresso Nacional. Se você não tem o tempo exato, pode obter nos caixas automáticos da Caixa e do BB, com seu número de PIS/Pasep.
Para acessar a calculadora, clique aqui.

http://aposentometro.cut.org.br/